O cenário da inovação no Brasil

Ezequiel Zylberberg, do MIT, em palestra durante a Conferência ANPEI 2019.

O Brasil é conhecido como um país relativamente fechado a negócios. Em parte, essa afirmação é verdadeira. Só que nosso povo carrega um espírito empreendedor notável. O país se destaca, por exemplo, como um com grandes expoentes das startups. Nubank, Pagseguro, 99, entre outras grandes empresas, iniciaram no mercado brasileiro como startups. Tendo isso em vista, como explorar ao máximo o potencial de inovação no Brasil? 

Com o intuito de esclarecer essa questão e dar as melhores dicas para você, fizemos este breve artigo. Aqui falaremos sobre a inovação no Brasil e as startups neste contexto. Posteriormente, falaremos sobre os pilares que governo e empreendedores devem seguir para alavancar a inovação no país. Confira! 

A inovação no Brasil e as startups 

Segundo estudo do MIT, o cenário da inovação e empreendedorismo no Brasil é promissor. É melhor do que a maioria dos nossos vizinhos na América Latina. Contudo, ainda apresenta um grande atraso em relação a outros países do mundo desenvolvido, como Europa, EUA, Canadá e tigres asiáticos. Desse modo, estamos em uma posição razoável, mas ela pode mudar.

Esta mudança passa tanto pela mudança de mentalidade dos empreendedores nacionais, quanto por segurança e ambiente propícios para os negócios criado pelos governos, em esfera federal, estadual ou municipal. Além desse diagnóstico, o estudo destacou alguns pontos que devem ser levados em consideração para incluir o Brasil no centro da inovação e empreendedorismo do mundo, que falaremos a seguir.

Os pilares para alavancar a inovação 

Entre os insights destacados pelo estudo do MIT, destacamos a integração do mercado interno ao global, a promoção da tripla hélice, apoio ao empreendedorismo, identificação dos setores e inovação das instituições. 

Integração com o mercado global

Apesar de ser um grande mercado consumidor, o Brasil é um dos países mais fechados ao mercado global. Temos grandes barreiras protecionistas que impedem a aquisição e integração de novas ideias, o que inibe a inovação e competitividade dos nossos produtos. Essa iniciativa, portanto, combaterá estes importantes gargalos.

Promover a tripla hélice 

A inovação não é resultado de um setor específico da nossa sociedade, mas de vários deles colaborando entre si. Dessa maneira, para obter um ambiente mais favorável à inovação, destacamos a tripla hélice, que nada mais é do que a aproximação e integração entre universidades, empresas inovadoras e agências do governo. Esse papel cabe tanto ao governo quanto às empresas, que devem buscar parcerias. A ANPEI também desempenha papel crucial nesse sentido, promovendo um ambiente que facilita a aproximação desses atores em prol da inovação, através de espaços como comitês temáticos e as conferências anuais de inovação. 

Apoiar o empreendedorismo

Um ambiente hostil ao negócio é um ambiente hostil ao empreendedor. Entre os elementos que caracterizam essa hostilidade, destacamos burocracia e altos impostos. Dessa maneira, é necessário tanto desburocratizar a abertura de novas empresas, quanto reduzir e simplificar o pagamento de impostos. 

Apesar de também ser importante, a cultura empreendedora já é uma realidade em nossa sociedade e, portanto, entra em menor grau neste quesito. 

Identificar a missão dos setores

David Ricardo foi um importante economista do século XVIII. Criou a teoria das vantagens comparativas, em que destaca que certas localidades, por conta da experiência adquirida ou fácil acesso à matéria prima, tendem a produzir certos produtos e serviços de forma mais satisfatória que em outros. 

Dessa maneira, as empresas brasileiras devem identificar o nicho no qual podem se diferenciar no mercado internacional e investir nele, destacando-se no mercado. 

Inovar as instituições 

As instituições brasileiras devem ser renovadas e modernizadas, adotando instrumentos modernos de gestão. Desse modo, o empreendedorismo e a inovação fluirão de forma mais fácil em toda a nossa sociedade. 

Assim sendo, o cenário da inovação no Brasil é bastante promissor. Todavia, para surfar nessa onda de forma positiva, é necessário se basear em alguns pilares, como os que listamos anteriormente. Fazendo isso, sua empresa ou startup tem tudo para crescer e se consolidar no mercado regional, nacional e global. 

Se você gostou deste artigo, acompanhe os canais ANPEI para saber ainda mais sobre políticas de incentivo à inovação no Brasil. 

Comments are closed.